Atividades extras

Com o objetivo de promover o desenvolvimento global de seus alunos o CEC oferece diversas atividades extras curriculares, que são opcionais:

• Judô:

As aulas acontecem duas vezes por semana, em período oposto as aulas regulares. Judô é uma modalidade esportiva que pode ser praticado por ambos os sexos, onde o importante não é somente ensinar aos alunos golpes de arremesso, quedas de várias formas, ginástica formativa, etc. O objetivo principal desta modalidade esportiva na escola é proporcionar um meio para atingirmos o desenvolvimento global do aluno, proporcionando seu auto-conhecimento, auto-controle e auto-estima.
Esse desenvolvimento se divide em quatro áreas:
- Motor: Atividades para o desenvolvimento e aperfeiçoamento da coordenação motora;
- Cognitivo: Atividades que exigem agilidade de raciocínio;
- Afetivo: Respeito para com o próximo;
- Social: Contato com outras crianças para uma maior sociabilização.


• Futebol:

A aulas acontecem duas vezes por semana, em período oposto as aulas regulares. Consideramos o futebol não como um esporte competitivo, e sim como uma prática corporal, que se utiliza do simbólico e do lúdico, trabalhando não só os aspectos físicos, mas também o psicomotor tais como, a coordenação, a lateralidade, conhecimento corporal, equilíbrio, ritmo, a orientação no espaço e tempo, a comunicação e expressão, socialização. etc., favorecendo o desenvolvimento do aluno como indivíduo e principalmente como cidadão.


• Xadrez:

As aulas acontecem duas vezes por semana, em período oposto as aulas regulares, tem como objetivos:
- Desenvolver o pensamento lógico, a criatividade, a capacidade de observação, o raciocínio para análise e síntese e sobretudo da capacidade de abstração e disciplina mental;
- Estimular a competição legítima e ética dentro do espírito de socialização e civismo;
- Promover relações sociais harmoniosas e respeitosas.


• Ginastica Ritmica:

É uma modalidade esportiva olímpica praticada por mulheres no qual possibilita infinitas possibilidades de movimentos corporais que são realizados com harmonia, graça e beleza através da combinação musical, no qual podem ser realizados com manejo dos aparelhos que são próprios da modalidade como arco, bola, corda e fita. Por conta do conjunto de música, coreografia e manuseio de aparelhos, o esporte também incentiva a capacidade psicomotora das crianças. Raciocínio, agilidades e reflexos são trabalhados durante as aulas.


• Ballet – Na academia de Ballet Regina Dell`Áquilla

As aulas acontecem duas vezes por semana, em período oposto as aulas regulares, na academia que fica próxima ao CEC. São inúmeros os benefícios que a criança poderá conseguir ao praticar ballet. Além de proporcionar momentos prazerosos onde a dança não se torna apenas demonstração de pura técnica mas sim de liberdade de expressão, ela auxilia no desenvolvimento da coordenação motora, no ritmo, na musicalidade, além de obter uma postura bonita e o gosto por vários tipos de artes ligado ao ballet, como por exemplo, a arte cênica. Outros benefícios adquiridos pelo praticante de ballet, estão relacionados a questões de socialização, aprimoramento da disciplina do corpo e da mente e do desenvolvimento de responsabilidades com horários, compromissos, objetos pessoais, entre outros.


• Teatro:

As aulas acontecem duas vezes por semana, em período oposto as aulas regulares.
O Teatro na Escola tem uma importância fundamental na educação. Ele permite ao aluno uma enorme “gama” de aprendizados podendo citar como exemplos, a socialização, a criatividade, a coordenação, a memorização, o vocabulário, além de estimular o crescimento integral, tanto no plano individual quanto no coletivo. No plano individual promove “o desenvolvimento das capacidades expressivas e artísticas do aluno”. Já o plano coletivo promove “exercício das relações de cooperação, diálogo, respeito mútuo, reflexão de como agir com os colegas, flexibilidade de aceitação das diferenças e aquisição de sua autonomia como resultado do poder agir e pensar sem coerção. Passa a desenvolver também, a sensibilidade no aluno, levando-o a descobrir os sentimento que carrega dentro de si.